Dia Internacional da Enfermagem

Conheça a história de Florence Nightingale e saiba por que ela virou o símbolo da enfermagem moderna. Em 12 de maio de 1820, nascia em Florença na Itália, Florence Nightingale. Quase 200 anos depois, essa data é reconhecida como o Dia Internacional da Enfermagem. Mais do que isso: assim como nas formaturas de medicina os […]

Como ter uma boa saúde bucal?

No dia 07 de abril comemora-se o Dia Mundial da Saúde. A data, criada em 1948 pela Organização Mundial da Saúde, tem o objetivo de nos lembrar do conceito criado também pela OMS:  “a saúde é um estado de completo bem-estar físico, mental e social e não apenas a ausência de doença ou enfermidade”. Quem […]

Pesquisa investiga relação entre alimentação e saúde bucal

O trabalho envolve a avaliação da saúde bucal de pessoas com diferentes dietas. O foco é no tártaro – também chamado de cálculo dental,

Uma pesquisa, desenvolvida em São Paulo, pode ajudar a descobrir qual a relação entre a alimentação e saúde bucal. Ainda no período do mestrado em Ciências Odontológicas, Rodrigo Elias Oliveira decidiu fazer uma viagem despretensiosa pelo Brasil, passando por alguns sítios arqueológicos nos estados do Piauí, Bahia e Minas Gerais.

Supermax apoia e incentiva o esporte paranaense

Manter os atletas no esporte em busca do alto-rendimento e de uma carreira com sinônimo de sucesso. É com este intuito que, desde 2011, a Supermax apoia dois projetos esportivos em diferentes segmentos. A equipe de tênis do Clube Curitibano é um deles, que tem como destaques os atletas Nathalia Gasparin, de 14 anos, com 1º lugar no ranking estadual (FPT), nacional (CBT) e Sulamericano (COSAT), e Gabriel Sidney, de 18 anos, participando de Giras Europeias e Sulamericanas, além do Australian Open e Roland Garros (Pela ITF).

Supermax na feira Hospitalar 2016

A participação da Supermax na feira Hospitalar 2016 foi um sucesso! A Feira Hospitalar, realizada de 17 a 20 de maio de 2016, no pavilhão de exposições do Expo Center Norte, em São Paulo destaca-se por ser o maior evento da área hospitalar da América Latina, reunindo profissionais da área hospitalar, distribuidores, importadores, fabricantes e demais setores relacionados ao mercado médico-hospitalar.

Avaliação de risco das luvas

A escolha das luvas é complexa na medida que existem no mercado diversas marcas de plásticos e borrachas, cada uma com diferentes propriedades. Não existe entretanto o material resistente a todos os tipos de exposição. Uma marca pode resistir a terebentina, mas poderá não resistir ao xileno, enquanto com outra pode acontecer o inverso. Outras luvas apesar de grande resistência a um determinado líquido podem permitir a passagem da substância na fase vapor. A penetração por vapores é mais difícil de ser detectada e a luva pode mesmo manter suas características aparentes.

Luvas Cirúrgicas e Luvas de Procedimentos: Considerações sobre o seu uso

O objetivo deste texto não é o de oferecer uma revisão abrangente ou aprofundada sobre o tema, mas de, por meio do uso de documentos organizacionais do Ecri Institute, da ANVISA e da Organização Mundial da Saúde (OMS) como fonte de informação, apresentar os prós e contras de luvas de látex e luvas de material sintético, os critérios para o uso de luvas cirúrgicas ou de procedimentos bem como um protocolo para a remoção adequada de luvas contaminadas.

A Organização Mundial da Saúde, OMS, recomenda que luvas devam ser usadas devido a duas principais razões:

Alergia ao látex em profissional de saúde

A alergia ao látex mediada por IgE é uma entidade nosológica, cuja prevalência aumenta em todo o mundo. O uso de preservativo (camisinha), devido ao perigo de contaminação da AIDS, o aumento de materiais esportivos contendo látex e materiais de látex utilizados por profissionais da saúde, aumentam sua incidência.

O látex tem como principal alergeno o fator de alongamento da borracha (Hevb1). Existe antigenicidade cruzada com alimentos e pólen. É importante que os trabalhadores da área de saúde reconheçam a patologia, para que façam a prevenção e o diagnóstico.

Os tipos de reação ao látex

Em 1987, devido ao surgimento da Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (AIDS), o Centers for Disease Control and Prevention (CDC) introduziu as “Precauções Universais”, atualmente denominadas “Precauções-Padrão”, enfatizando a necessidade de todos os trabalhadores da saúde rotineiramente usarem luvas ao entrar em contato com fluídos corporais. Devido a esta recomendação, o uso de luvas de látex aumentou no mundo todo e, como conseqüência deste novo comportamento, passou-se a observar o aumento de relatos de casos de alergia ocupacional ao látex entre os trabalhadores hospitalares.