Luvas de vinil são mais baratas, mas pecam no padrão de qualidade

As luvas de vinil são mais baratas, mas não oferecem a mesma proteção que as luvas de látex ou nitrilo.

Luvas de vinil são mais usadas na indústria de alimentos. Mais baratas, elas são menos resistentes e permitem menor ajuste se comparadas às de látex ou nitrilo.

Antes de optar por este ou aquele material de luvas de proteção, algumas perguntas devem ser feitas:

  • Como a luva será utilizada?
  • O fabricante é certificado e realiza testes com frequência?
  • Qual o risco de contaminação se houver contato?
  • Qual o custo?

Somente após responder a todas essas perguntas você deve escolher o tipo de luva ideal para suas necessidades.

As principais características das luvas de vinil são:

  • Ajuste fraco;
  • Sem látex;
  • Transparentes;
  • Protegem em situações de menor risco;
  • Antiestáticas;
  • Com ou sem pó;
  • Baixo custo.

Além da indústria de alimentos, as luvas de vinil também são utilizadas por profissionais das áreas de limpeza e de estética. Mas para estes últimos, não são as mais indicadas por questões de biossegurança.

De acordo com as normas da Vigilância Sanitária, os profissionais que atuam na área de estética e beleza devem fazer uso de equipamentos de proteção individual, como:

  • Luvas descartáveis;
  • Máscara descartável;
  • Touca descartável;
  • Jaleco de tecido resistente.

O uso destes equipamentos é fundamental, caso haja contato com sangue ou fluidos corpóreos. Sendo assim, procedimentos como manicure, pedicure, podologia, depilação, limpeza de pele, corte de cabelo e aplicação de produtos químicos devem seguir estas normas.

Nestes casos, os materiais mais aconselhados são as luvas de látex e nitrilo, pois oferecem uma proteção maior e permitem maior precisão nos movimentos.

Conhecer os pontos positivos e negativos de cada material é importante na hora de escolher a luva ideal. A saúde e a segurança dos profissionais e dos clientes devem ser sempre prioridade, em qualquer procedimento que envolva risco de contaminação.

Se você tem dúvidas sobre qual luva deve ser utilizada, nosso SAC está à disposição para lhe ajudar! Conheça ainda as opções que a Supermax traz para você em: www.supermax-brasil.com

Fontes:

http://canalsuperepi.com.br/luvas-de-procedimento-vinil-latex-nitrilica-procedimento-artigo/
https://www.mundoestetica.com.br/dicas/a-biosseguranca-em-estetica
http://www.biomedicinabrasil.com/2017/03/luvas-de-latex-nitrilicas-ou-de-vinil.html